Olá, amigos leitores!

No post de hoje eu falar de um assunto delicado, mas que deve ser abordado e discutido pelos homens.

O tema do texto que escolhi são 5 comportamentos que podem afetar a saúde sexual masculina.

Acompanhe as informações e veja se você se identifica com um ou mais problemas.

1º Falta de exercícios físicos

É comprovado: homens que se exercitam mais têm melhor função erétil e sexual.

Em um estudo britânico, cerca de 300 homens relataram seus níveis de atividade, que os pesquisadores categorizaram como:

  • Sedentário
  • Moderadamente ativo
  • Altamente ativo

Os participantes também relataram a qualidade e extensão de sua função sexual, incluindo sua capacidade de ter ereções, orgasmo, bem como a qualidade e frequência de suas ereções.

Os resultados mostraram que os homens que relataram fazer exercício mais frequente (cerca de 2 horas de exercício extenuante como correr ou nadar; 3,5 horas de exercício moderado; ou 6 horas de exercício leve) tiveram melhor desempenho sexual.

Por outro lado, homens que se exercitaram menos relataram níveis mais baixos de prática sexual .

2º Fumar

A nicotina é nociva para homens quando se trata do desempenho sexual.

Um estudo do British Journal of Urology com 65 homens matriculados em um programa de oito semanas de duração, fez testes de ereção antes do início do programa, na metade do programa e um mês após a conclusão do programa.

Resultado: 20% dos participantes confessaram ter disfunção erétil.

No final, 75% destes homens que se mantiveram livres de nicotina tinham ereções mais largas e firmes, e atingiram o máximo excitação sexual, efetivamente diminuindo sua disfunção erétil.

Como consequência, esses homens não precisaram procurar por remédios para ereção ou saber se max potent funciona.

3º Dormir mal

Um estudo de 2011 da Universidade de Chicago descobriu que os homens que dormem menos de cinco horas de sono por noite durante uma semana, apresentaram níveis significativamente mais baixos de testosterona do que aqueles que tiveram cerca de 7-9 horas de sono.

Ao dormir pouco, seus níveis hormonais podem cair para os de uma pessoa 15 anos mais velha.

Isso significa que o tempo de sono abaixo de 5 horas compromete a qualidade e a quantidade de espermatozoides que você pode produzir.

4º Não comer melancia

Um estudo da Universidade do Texas estudo descobriu um ingrediente da melancia chamado citrulina-arginina que pode fazer bem para problemas de ereção.

Ele ajuda a relaxar os vasos sanguíneos, aumentando o óxido nítrico, da mesma forma que o Viagra funciona para tratar a disfunção erétil.

Você tem comido melancia ultimamente? Olha a dica então. Ela pode te ajudar a ter ereções mais duradouras.

5º Comer mal

O quinto aspecto que compromete a ereção também tem relação com a quarta dica. Comer mal pode prejudicar (e muito) sua performance.

Um estudo de Harvard de 2011 descobriu que os homens que consomem alimentos processados ​​ricos em gorduras trans (biscoitos, bolos, chocolate, batatas fritas e alimentos fritos e processados) tinham esperma de qualidade inferior, do que aqueles que seguiram uma dieta saudável.

Por isso, é muito importante que você tente se livrar desses hábitos para aumentar seu poder sexual.

Então vamos recapitular os cinco comportamentos que podem causar impotência sexual  e disfunção erétil?

  1. Não praticar exercícios físicos
  2. Fumar
  3. Dormir mal
  4. Não comer melancia
  5. Comer mal

Você tem um ou mais dessas atitudes na sua rotina diária? Então é bom se cuidar. O “perigo” da impotência pode vir de onde menos esperamos.

Espero que vocês tenham gostado das informações.

Logo menos trago um novo post para vocês. Até lá!