Trocar as cordas do seu instrumento musical, seja ele um violão, uma guitarra ou um cavaquinho é uma tarefa simples, que não deveria tomar nem 20 minutos do seu precioso tempo, certo? Porém para efetuar a troca você precisa saber de um detalhe simples: qual é a hora certa de fazer isso?

Algumas pessoas acham que quando a corda estoura já está na hora de trocar todas as outras, mesmo que elas estejam novas e tenham sido trocadas há pouco tempo. Elas acham que realizando a troca os timbres ficarão melhores, visto que as cordas de outras marcas podem alterar o som da guitarra e causar um certo desconforto auditivo. E isso realmente pode acontecer, alguns fabricantes usam outras máquinas e procedimentos diferentes, ou seja, cada marca trabalha de um jeito.

Algumas situações específicas exigem que você troque as cordas da sua guitarra ou do seu instrumento. Existem músicos que preferem o som produzido por cordas mais antigas, já outros preferem o som de cordas mais novas. Isso varia de pessoa para pessoa.

O mais importante de tudo é que você sinta que suas cordas estão te agradando, ou seja, que você consiga trocar confortavelmente com as cordas que usa, sejam elas mais novas ou mais velhas. Nesse quesito não existem regras para seguir, porém existem algumas dicas que posso dar para que você descubra qual a hora certa de trocar as cordas do seu instrumento. Confira:

  1. Cordas sem a cor original ou enferrujadas

Se um desses dois casos acontecer contigo pode se preparar, trocar suas cordas será questão de tempo. O melhor é troca-las rapidamente, isso evitará com que elas estourem na sua cara e te machuquem. Existem alguns fatores que fazem com que as cordas enferrujem ou perca a cor: o suor, a umidade do ar, a oleosidade das nossas mãos, poeira e sujeiras em geral. Juntamente com isso ocorre o desgaste natural que as cordas sofrem com o passar do tempo. Quanto mais você usa o violão ou seu instrumento, mais desgaste. Uma boa dica para suas cordas durarem mais é usar uma flanela seca depois de tocar seu instrumento.

  1. Perda de afinação

Se você tem que afinar sua guitarra toda hora e logo ela desafina está na hora de repensar isso. O que pode estar acontecendo nesse caso é que suas cordas podem estar muito mais velhas do que o recomendado e isso faz com que elas percam  elasticidade. Mesmo que você tenha um cuidado especial com as suas cordas, limpando-as como sugerimos, com o tempo elas acabam mesmo se desgastando. Se você usa palhetas ou toca músicas mais pesadas é normal que o desgaste seja maior.

      3. Som fraco

Em alguns momentos o som da sua guitarra pode parecer mais fraco do que antes, como se ela estivesse morrendo, sem aquele brilho de sempre. Isso acontece porque suas cordas estão gastas ou perderam de vez a elasticidade. Se esse for realmente o problema você não precisa se preocupar, isso é simples e rápido de resolver. Trocando as cordas você já vai notar o som mais alto e mais vivo, os acordes estarão altos e claros. As cordas novas farão com que você se sinta mais animado para tocar suas músicas favoritas e seus dedos ficarão mais confortáveis e animados. Você também conseguirá tocar por mais tempo, aprenda guitarra na internet.